Buscar

Os planos de Eduardo Costa e Leonardo tiveram que ser mudados após a primeira e polêmica live Cabaré, realizada no dia 1 de maio.


Segundo o portal R7, o pai de Zé Felipe teria ficado incomodado com as atitudes do colega de palco.


O portal afirma que Leonardo teria confessado a amigos que não quer mais confusão, pois, a primeira transmissão rendeu polêmicas e teria desagradado os patrocinadores.


Durante o show, Eduardo Costa falou muito palavrão, fez brincadeiras como apontar uma “semelhança” com a mulher e a galinha, disse em um momento que sente uma prostituta por se sentir usado pelas mulheres e que está mais “abandonado que filho de ‘puta’ no Dia dos Pais”.


O cantor também exagerou nos elogios a Leonardo, o chamou de "gostoso" e disse que ele "tem pau grande".


Os comentários de Eduardo foram direcionados para outros artistas também. Ele pediu uma mulher para Wesley Safadão e afirmou que o forrozeiro tinha várias. Importante ressaltar que Wesley é casado com Thyane Dantas há quatro anos.


Eduardo Costa chamou o cantor Amado Batista de "o único homem rico da música popular brasileira" e "agiota f*dido.


O momento mais repercutido e sério foi a declaração de Eduardo sobre da filha de um ano da cantora Thaeme, dupla de Thiago.


O sertanejo disse que iria “transar pensando no bebê de Thaeme”, pois a criança é bonita e ele faria um filho tão bonito quanto. Na ocasião, Leonardo aparentou estar visivelmente constrangido com o comentário de só falou: “Gente do céu”.

10 visualizaçõesEscreva um comentário

A entrevista de Regina Duarte, secretária especial da Cultura, à CNN Brasil rendeu diversas recebeu reações contrárias da classe artística.


Desta vez, Wagner Moura, crítico do governo do presidente Jair Bolsonaro, comparou a secretária com o antecessor, Roberto Alvim, demitido do cargo após parafrasear Joseph Goebbels em divulgação de um edital.

Antes da entrevista de Regina, Moura não considerava a atriz o principal problema, apesar de ter opiniões divergentes. “Discordo de tudo o que ela fala, mas não acho que a gente tenha de escolher a Regina Duarte como alvo. Se ela acha que está fazendo algo pela arte, que bom que tem alguém lá que não seja um nazista”, disse à Marie Claire.

A revista retornou o contato com o ator após a polêmica entrevista de Regina, que cantou “Pra Frente, Brasil”, música relacionada ao período da Ditadura Militar, e minimizou os crimes de tortura e assassinato cometidos na época.


Moura mudou de ideia sobre a secretária. “Errei. Regina Duarte, assim como seu predecessor, também é nazista”, concluiu.

Alvim, antecessor de Regina, foi demitido do cargo de secretário especial da Cultura, em janeiro, após citar um discurso de Goebbels, Ministro da Propaganda na Alemanha nazista, entre 1933 e 1945, em vídeo para divulgação do Prêmio Nacional das Artes.

A trilha sonora escolhida, a ópera Lohengrin, que “mudou a vida” de Hitler.


Fonte: Rolling Stones Brasil




16 visualizaçõesEscreva um comentário


Após adiar o lançamento de Chromatica devido ao coronavírus em março de 2020, Lady Gaga anunciou a nova data de estreia do disco, 29 de maio.


A cantora usou as redes sociais para divulgar o álbum. Lady Gaga usou o Twitter nesta quarta, 6 de Maio, para anunciar a data de lançamento do disco: “A jornada continua.


Você pode se juntar a mim oficialmente no Chromatica em 29 de maio”, escreveu Lady Gaga.


O álbum inclui faixas em parceria com Ariana Grande, Elton John e o grupo de K-pop Blackpink.

15 visualizaçõesEscreva um comentário