Rússia escolhe Steven Seagal para ajudar sua relação com os EUA

O ator foi recrutado para aprofundar os laços com os EUA no campo humanitário, auxiliando na "cooperação em cultura, artes, público e intercâmbio de jovens", de acordo com o Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

Seagal recebeu a cidadania russa em 2016, onde ele foi franco em sua defesa de Putin, até mesmo chamando-o de "grande, grande, grande líder mundial, talvez, o maior".

Não é a primeira vez que a Rússia tenta dar a Seagal algum tipo de status semi-oficial. Em 2013, Putin convidou Seagal para ser o cônsul honorário do país na Califórnia e no Arizona.

Em resposta ao engajamento notavelmente não remunerado, Seagal disse que foi "profundamente honrado" no Twitter.

"Espero que possamos lutar pela paz, harmonia e resultados positivos no mundo. Eu levo essa honra muito a sério", acrescentou.


5 visualizações

A RADIO

ANUNCIE

APLICATIVO MÓVEL GRÁTIS

SEJA MEMBRO

PARCEIROS

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

a rÁDIO 98 fm ESTÁ NA rEDE DE rADIO digital